background

Matérias

Como criar um mindset exponencial

segunda-feira, 1 de agosto de 2016 | Inovação
Como criar um mindset exponencial

Pense por um momento: a revolução digital está no centro das mudanças pelas quais o mundo está passando. Você concorda com esta afirmação? Se não, possivelmente você deve achar que o sucesso dos negócios nativos digitais se deve, simplesmente, à adoção de novas tecnologias. Se sim, já deve ter observado (ou pelo menos ouviu falar) que a razão principal do êxito dessas companhias é, na verdade, a habilidade que elas têm de criar valor exponencial.

Porém, e aqui vai o primeiro alerta, só se cria valor exponencial a partir de um mindset exponencial. Isto é, antes de mais nada é necessário mudar como pensamos para que seja possível alterar o que fazemos e repensar nossas métricas, só então estaremos prontos para avaliar o sucesso da nossa estratégia de forma coerente.

Ou seja, a real revolução é a transformação dos modelos mentais de negócios e de avaliações.

A verdade é que, apesar de estamos vivendo uma era de mudanças e revoluções muito aceleradas, a maioria das empresas, dos líderes e das pessoas ainda pensa e opera de forma incremental/linear e não exponencial/transformadora.

É por isso que as organizações do mundo todo têm dificuldades para acompanhar esse ritmo acelerado: as estruturas e sistemas do século passado não são mais capazes de corresponder às novas demandas.

Embora a fórmula industrial para administrar empresas tenha funcionado durante décadas, a mesma cartilha de sempre deixou de ser suficiente, principalmente para os negócios digitais. O que realmente promove umarevolução é a mudança na forma de pensar.

Atente-se: negócios digitais exigem um novo mindset. O desafio para líderes e organizações é desaprender as formas tradicionais de pensamento e abraçar o desconhecido. Isso só é possível para quem acredita realmente que a mudança de pensamento – do incremental para o exponencial – leva apossibilidades reais de inovação.

UM EXEMPLO FÁCIL DE ENTENDER

O pensamento exponencial, de acordo com Peter Diamandis, é simples: se você anda 30 passos lineares (1, 2, 3, 4, 5…), com 30 passos largos e lineares, talvez caminhe 30 metros. Agora, se você dá 30 passos exponenciais (1, 2, 4,8, 16, 32…), que distância teria percorrido? Um bilhão de metros ou 26 vezes a volta ao redor do planeta.

AS MUDANÇAS NOS MODELOS DE NEGÓCIOS

O sucesso dos modelos de negócios do século passado, especialmente os industriais, era definido pelos retornos crescentes de escala com o uso das máquinas. Já os modelos de negócios digitais usam efeitos em rede para acelerar rendimentos de escala.

Por exemplo, as indústrias da música e do vídeo não foram redefinidas com a conversão do analógico para formatos digitais, elas utilizaram este efeito em rede para gerar valor exponencial em uma era de evolução muito rápida.

O ritmo acelerado de mudanças é causado, principalmente, por tecnologias exponenciais e crowdsourcing.

A Lei de Moore é um exemplo de tecnologia exponencial. De modo geral, ela mostra que a cada ciclo de 18 a 24 meses, a capacidade de processamento dos computadores dobra, enquanto os custos permanecem constantes. A teoria foi publicada pelo engenheiro Gordon Moore, na Electronic Magazine, em 1965, três anos antes dele se tornar um dos fundadores da Intel.

O mesmo se aplica para outras áreas, como inteligência artificial, robótica,impressão 3D, biologia sintética, medicina digital, entre outras, transformando todas as indústrias.

Já o crowdsourcing e as ferramentas de comunidades são concursos, coleta de dados, comunidades do tipo faça você mesmo, de financiamento coletivo e de criatividade que se disseminam pelas redes.

A JORNADA DOS MODELOS DE NEGÓCIOS DIGITAIS

Mark Bochek, fundador da Shift Thinking, criou a empresa a fim de expandir a capacidade de crescimento exponencial e gerar mudanças transformadoras.

De acordo com o profissional, muitos líderes acreditam que, somente por usarem tecnologia digital nos produtos e serviços das empresas, estão criando valor exponencial e planejando estratégias revolucionárias.

Bochek explicou em artigo publicado na Harvard Business Review as diferenças e particularidades dos mindsets incremental e exponencial em cada fase da jornada de negócios.

FASE 1: LANÇAMENTO 

De início, a mentalidade incremental desenha uma linha reta, conseguindo ver exatamente como vai chegar no futuro com seu plano de negócios. Isso é linear. Modelos exponenciais não são retos, pelo contrário, são como uma curva na estrada que você não consegue enxergar sem virar a esquina. Quem desenvolve seu negócio a partir de um mindset exponencial entende que não existe um plano ideal ou um procedimento correto passo a passo. A mentalidade exponencial ajuda sentir-se confortável com as incertezas e mais ambicioso com a visão do negócio.

FASE 2: CONSTRUÇÃO

Esqueça os resultados imediatos e constantes do plano linear. Enquanto no modelo tradicional eles podem ser visualizados, avaliados e quantificados com facilidade, no exponencial os resultados aceleram ao longo do tempo. Na jornada de negócios exponencial tudo acontece muito lentamente antes de ocorrer muito rapidamente. Nesta fase, a atenção e a resiliência precisam ser redobradas. A inquietação pela falta de resultados imediatos pode ser usada por quem não tem o pensamento exponencial para voltar ao incremental,
fechando portas para oportunidades. A maior parte do progresso só começa quando a curva começa a dobrar, por isso, o mindset exponencial ajuda a lembrar que a espera vale a pena.

FASE 3: CRESCIMENTO

Depois de incertezas e impaciência, a curva chegou. E quando ela aparece, o crescimento passa a acontecer mais rápido do que se pode lidar. No mindset incremental a atitude seria de tentar controlar as coisas. Porém, a mentalidade exponencial entende que para sustentar os retornos de aceleração, é preciso mudar de atitude para mobilizar e gerenciar recursos. É necessário descobrir no próprio negócio como uma única entrada adicional pode criar um saída até 10 vezes maior. Para controlar a ansiedade da perda de controle, o mindset exponencial ajuda a ampliar os resultados de forma mais rápida do que a necessidade de insumos, com equipes alinhadas e autônomas.

O QUE FAZER?

Se você entendeu que a mudança de mindset na Era Digital não é apenas uma questão de posicionamento mas sim de sobrevivência em um mercado cada vez mais conectado e dinâmico, deve estar se perguntando: o que eu faço com o meu negócio?

Aqui vão 3 dicas importantes para quem que aplicar o mindset exponencial:

CULTURA DIGITAL

O negócio liderado por pensamento exponencial tem em sua cultura características como velocidade, empoderamento e aprendizado. O conjunto de indicadores que avalia o progresso e monitora a mudança de cultura precisa mostrar a viabilidade e a aceitação dos novos paradigmas propostos. Na transformação digital, é fundamental encontrar e estimular pessoas que abracem o modelo exponencial e que tenham perseverança para ir até o fim, minimizando os impactos da transição de mindset.

LIDERANÇA QUE SE IMPORTA

Enquanto líderes tradicionais veem consumidores apenas como pessoas dispostas a gastarem recursos comprando seus produtos e serviços, os líderes digitais enxergam consumidores como uma rede de geração de valor. Sob a tutela tradicional, a competição permanece em uma indústria definida e os principais ativos são mantidos sempre dentro da empresa. No modelo digital, informações e recursos essenciais são mantidos na rede de parceiros fora da empresa. O que a liderança digital faz é substituir o controle de pessoas pelo
controle de princípios. O objetivo de um negócio digital é, com o mesmo esforço empenhado nas empresas tradicionais, obter um retorno 10 vezes maior. O progresso não pode ser medido de forma linear. Líderes precisam definir uma visão digital que inspire e motive para que todos entendam o que a empresa está tentando alcançar.

COMUNIDADE

Na era digital o seu consumidor não quer ser convencidos de comprar. Ele quer vivenciar uma experiência com a sua marca. Engajamento e lealdade da comunidade vêm da empatia com o consumidor em todos os níveis da empresa. É necessário entender o que o consumidor precisa, o que ele quer e quais as suas dores. Uma comunidade engajada gera novas oportunidades de negócio e permite que a empresa aprenda diretamente com seus potenciais consumidores. No mundo digital, o valor é criado tendo em vista as
necessidades do cliente. Descobrir novas oportunidades de gerar valor para o consumidor e de avaliar as mudanças para evoluir antes que seja necessário, vai manter seu negócio a frente dos demais e garantir o futuro dele.

DICA BÔNUS

As iniciativas para a transformação digital precisam ser implementadas de forma global, enxergando o negócio como um todo e não fragmentado Os líderes devem incentivar a visão e o mindset exponencial em seus times para expandir e estimular a cultura de mudanças e inspirar um ambiente inovador.

Quer saber mais sobre mindset exponencial? REZET vai proporcionar talks e experiências sobre este e outros temas cruciais para os negócios na era digital.

Matérias recentes

Startups e Fintech de Rio Preto lançam produtos e serviços no REZET 2018
31 de Dezembro de 1969
Startups e Fintech de Rio Preto lançam produtos e serviços no REZET 2018
Leia mais...
Estado de São Paulo amplia competitividade para atrair startups
31 de Dezembro de 1969
Estado de São Paulo amplia competitividade para atrair startups
Leia mais...
Contato Os verdadeiros pilares da Transformação Digital
31 de Dezembro de 1969
Contato Os verdadeiros pilares da Transformação Digital
Leia mais...
“A inteligência artificial, como os seres humanos, é limitada”
31 de Dezembro de 1969
“A inteligência artificial, como os seres humanos, é limitada”
Leia mais...
Para mudar a maneira como pensa, mude a maneira como você vê
31 de Dezembro de 1969
Para mudar a maneira como pensa, mude a maneira como você vê
Leia mais...